Paulo S. Carreiro
Editor- Autor
CPF. 938.611.178-00

Rua Cel. Lisboa, 236 Vila Mariana
São Paulo , SP
CEP 04020-040

(11) 5082-4840 /931472650

contato@denisecarreiro.com.br
05- Semiologia na prática clínica nutricional
05- Semiologia na prática clínica nutricional
×
05- Semiologia na prática clínica nutricional
×
05- Semiologia na prática clínica nutricional
05- Semiologia na prática clínica nutricional
05- Semiologia na prática clínica nutricional
05- Semiologia na prática clínica nutricional
R$ 85,00 FRETE GRÁTIS!
Adicionar ao Carrinho
A organização estrutural do organismo possui sistemas de defesa que priorizam a manutenção da vida independente da nossa lógica social ou intelectual. Estes sistemas de preservação funcionam de modo independente da nossa razão. Hábitos e comportamentos alimentares adotados que não sejam compatíveis com a nossa necessidade nutricional geram desequilíbrios nutricionais e reações imunológicas podendo levar ao comprometimento de todas as nossas funções físicas, mentais e emocionais.
Este livro tem como objetivo ajudar a estruturar as informações obtidas através da análise de sinais e sintomas do paciente para que seja possível fazer uma investigação mais completa das causas nutricionais que possam estar gerando desequilíbrios funcionais no organismo, que muitas vezes não conseguem ser detectados por exames complementares como os exames bioquímicos ou de imagem.
Hábitos e comportamentos alimentares, o uso de medicações e suplementos alimentares, comportamento social, históricos familiar entre outros, são aspectos que comprometem o nosso funcionamento físico, mental e emocional e podem estar na base do desencadeamento da maioria das doenças crônicas não transmissíveis que afetam mais de 50% da população desde o nascimento.
A semiologia analisa em detalhes sinais e sintomas que o organismo expressa. Estes sinais e sintomas permitem que se faça uma leitura integral para validar causas funcionais de origem nutricional. Uma terapia nutricional que corrija desequilíbrios nutricionais através de mudanças de hábitos e comportamento alimentar com um aporte de nutrientes e compostos bioativos específicos, irão resgatar funções orgânicas, origem de grande parte das doenças crônicas.